quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Bebê gigante: menino nasce com quase 8 kg e 58 cm em Pernambuco



* R7 - O pequeno Moacir Mateus Calaça Silva Neto, surpreendeu médicos, enfermeiros e até os pais quando veio ao mundo. O menino nasceu no último dia 3, em Floresta, interior de Pernambuco, com 7,650 kg e 58 cm. O peso é equivalente a de um bebê de seis meses e a estatura de um menino de dois anos.

Moacir Mateus é o segundo filho da agricultora Hosana da Silva, de 24 anos, e do técnico de enfermagem Marcionílio Calaça, de 37 anos.
A família de Carnaubeira da Penha comprou quase R$ 2.000 na compra de roupas, fraldas e móveis para criança. Porém, de acordo com o pai da criança, "quase nada foi aproveitado".
― Nenhuma roupa coube. Minha mulher havia comprado roupas para até três meses e, por isso, não ficamos com quase nada. Só sobrou o berço.
Segundo Calaça, eles só souberam que Moacir iria ter um tamanho fora do padrão um dia antes do parto, que durou cerca de uma hora e meia.
― O médico nos disse que ele iria ser grande, pois nem a ultrassom conseguia detectar o peso exato. Depois que ele nasceu, foi levado para Serra Talhada para exames e, em seguida, para o Recife.
Calaça explica que os médicos disseram que sua mulher poderia ter sofrido de diabetes gestacional, o que poderia explicar o tamanho da criança.Porém, após exames serem realizados, esse diagnóstico não foi confirmado.
― Moacir fez alguns exames hoje [18] e tudo está normal. Se tudo der certo, no sábado ele receberá alta.

Governadora do RN estuda renunciar ao mandato para fugir do impeachment


Estratégia é para fugir da inelegibilidade do impeachment que ela dá como certo na Assembleia Legislativa.
A governadora Rosalba Ciarlini deverá renunciar ao seu mandato após as eleições, apurou a reportagem do Portal No Ar. Com a renúncia, o vice, Robinson Faria (PSD) assumirá o comando do Estado.
A mandatária tinha a intenção de concluir seu governo, em dezembro, mas estuda a renúncia como uma defesa ao processo de impeachment que tramita contra ela na Assembleia Legislativa.
Rosalba Ciarlini deverá ter fim trágico sua carreira
Rosalba Ciarlini deverá ter fim trágico sua carreira
A decisão sobre renúncia ainda é tratada com muita reserva no grupo de Rosalba. A reportagem apurou, contudo, que Carlos Augusto Rosado, esposo de Rosalba, já sinalizou que essa é a opção mais viável para a governadora.
Após as eleições, o impeachment contra a governadora deverá andar na Assembleia Legislativa. Com a deposição, Rosalba estaria inelegível por oito anos, inviabilizando qualquer projeto político futuro.Dinarte Assunção/Portalnoar

Filho de delegado da PB mata duas irmãs e logo em seguida comete suicídio, em Maceió-AL


Maria Clara, Amanda e Felipe Vasconcelos

Na noite desta terça-feira (16) em Maceió três irmãos foram encontrados mortos dentro de um dos apartamentos do edifício Andreia, localizado no bairro do Pinheiro. 
Segundo levantamentos da polícia um jovem identificado como Felipe Vasconcellos, de 20 anos matou as duas irmãs a facadas e depois cometeu suicídio. 
O crime aconteceu durante a madrugada, mas a polícia só foi acionada no inicio da noite quando a mãe que é enfermeira acabava de voltar de um plantão e encontrou o apartamento todo sujo de sangue e os corpos dos filhos espalhados pela casa. 
Ainda segundo informações, o jovem que sofre de transtorno bipolar teve um surto psicótico e atacou a irmã Maria Clara Vasconcellos de 19 anos enquanto ela dormia. A outra irmã, Amanda de 23 anos, tentou socorrê-la e também foi esfaqueada pelo irmão no pescoço o que ocasionou sua morte. 
Em seguida, Felipe Pinheiro após ver que havia matado suas 02 irmãs deferiu vários golpes de faca no próprio pescoço e ainda escreveu com o próprio sangue a palavra socorro... A suspeita é que um dos motivos do ataque do filho tenha sido a separação recente dos pais. Sem condições a mãe não comentou sobre o caso que chocou Maceió na noite desta terça-feira. 

Noticias atuais hoje

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

'Motorista não teve culpa', diz família após enterro de universitária em Apodi

Milhares de pessoas foram ao Cemitério São João Batista, em Apodi, para o último adeus à estudante Brenna Sonária (Foto: Josemário Alves/SOS Notícias do RN)

A manhã desta quarta-feira (17) foi de comoção em Apodi, município da região Oeste potiguar. Milhares de pessoas percorreram as principais ruas em homenagem à universitária Brenna Sonária Noronha de Alencar, de 18 anos, que morreu nesta terça-feira (17) ao ser atropelada por um ônibus escolar em frente ao campus da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). O corpo da jovem foi enterrado no Cemitério Público São João Batista.

Brenna, a caçula da família, cursava o segundo período de Pedagogia na instituição. Ela havia acabado de saltar do ônibus, que faz o transporte dos alunos de Apodi para Mossoró, e estava atrás do veículo quando o motorista deu marcha a ré e a atingiu. “Ele não teve culpa nenhuma. Não dava pra ele ver. Foi uma fatalidade”, disse Evandro Pinto, cunhado da estudante.

Ainda segundo o cunhado, a mãe da estudante passou mal e precisou ser hospitalizada. O pai, também bastante abalado, ficou em casa aos cuidados de uma das irmãs. “Apenas a irmã mais velha, que tem 24 anos, foi ao cemitério. O motorista também está muito chocado e não foi, mas o pai dele esteve lá para se despedir. Eles são conhecidos nossos, gente de bem”, acrescentou Evandro.





Brenna Sonária era aluna de Pedagogia da UERN
(Foto: Arquivo pessoal/Facebook)

Evandro contou que o reitor Pedro Fernandes, da UERN, foi à casa dos pais da estudante e disse que iria sugerir, como homenagem, o nome dela para o campus que deverá ser construído em Apodi. Em nota emitida ainda na terça, a instituição lamentou a morte da jovem e afirmou que está prestando assistência psicológica à família.

População presta homenagens a universitária Brenna Sonária, em Apodi


A cidade de Apodi, de luto, parou. Milhares acompanham o velório, missa e sepultamento da universitária Brenna Sonária, de 18 anos, que aconteceu na manhã desta quarta-feira.
Brenna, que sonhava ser professora, foi atropelada e morta por um ônibus em frente ao Campus da UERN, em Mossoró.
O corpo, após ser liberdado pelo Instituto Técnico-cientifico de Policia (ITE), foi velado na casa dos pais, no Conjunto Bacurau, em Apodi. Na manhã desta quarta-feira, 17, o velório saiu em carreata até o Centro da cidade.
A missa de corpo PRESENTE lotou as dependências da igreja e a praça em frente. O corpo está sendo sepultado no Cemitério Público de Apodi. Em todo o trajeto, vários tipos de homens: apitaço, cartazes e murais de fotos.
O reitor Pedro Fernandes, da UERN, foi pessoalmente a casa dos pais da estudante nesta terça-feira, 17. Em solenidade realizada um pouco antes, o reitor sugeriu o nome da universitária para o Campus que será construído em Apodi.

Foto: Juliano Oliveira.
Fonte: Blog do Josenias Freitas via DeFato.

Ibope: Dilma na frente e Marina com previsão de virada no segundo turno



Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (16) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:
– Dilma Rousseff (PT): 36%
– Marina Silva (PSB): 30%
– Aécio Neves (PSDB): 19%
– Pastor Everaldo (PSC): 1%
– Zé Maria (PSTU): 0%*
– Luciana Genro (PSOL): 0%*
– Eduardo Jorge (PV): 0%*
– Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
– Eymael (PSDC): 0%*
– Levy Fidelix (PRTB): 0%*
– Mauro Iasi (PCB): 0%*
– Branco/nulo: 7%
– Não sabe/não respondeu: 6%
Cada um dos sete indicados com 0% não atingiu 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%. No levantamento anterior do instituto, encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgado no dia 12, Dilma tinha 39%, Marina, 31%, e Aécio, 15%.

Segundo turno

O Ibope também simulou três cenários de segundo turno:
– Marina Silva: 43%
– Dilma Rousseff: 40%
– Branco/nulo: 11%
– Não sabe/não respondeu: 6%
– Dilma Rousseff: 44%
– Aécio Neves: 37%
– Branco/nulo: 12%
– Não sabe/não respondeu: 6%
– Marina Silva: 48%
– Aécio Neves: 30%
– Branco/nulo: 15%
– Não sabe/não respondeu: 8%
O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 204 municípios do país entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00657/2014.
Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:
– Dilma Rousseff (PT): 31%
– Marina Silva (PSB): 24%
– Aécio Neves (PSDB): 15%
– Outros: 1%
– Branco/nulo: 10%
– Não sabe/não respondeu: 18%
Rejeição
De acordo com a pesquisa, a presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.
– Dilma Roussef: 32%
– Aécio Neves: 19%
– Pastor Everaldo: 17%
– Marina Silva: 14%
– Levy Fidelix: 12%
– Zé Maria: 12%
– Eymael: 11%
– Luciana Genro: 11%
– Mauro Iasi: 10%
– Rui Costa Pimenta: 10%
– Eduardo Jorge: 9%

Números do Ibope: Dilma está com 36 %, Marina, 30%, e Aécio, 19%


Foto: DivulgaçãoFoi divulgada nesta terça-feira (16) a nova pesquisa Ibope para a corrida presidencial. Segundo o levantamento, a presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) aparece na liderança com 36%, seguida de Marina Silva (PSB), 30%, e Aécio Neves, 19%.

Comparada com a pesquisa Ibope anterior, encomendada pela CNI (Confederação Nacional das Indústrias) e divulgada na última sexta-feira (12), Dilma caiu três pontos percentuais, e Marina, um ponto. Aécio foi o único a crescer no levantamento, subindo quatro pontos.
Neste levantamento anterior do Ibope, Dilma estava com 39%, Marina, 31%, e Aécio, 15%.
Vejam como pontuaram todos os candidatos:
– Dilma Rousseff (PT): 36%
– Marina Silva (PSB): 30%
– Aécio Neves (PSDB): 19%
– Pastor Everaldo (PSC): 1%
– Zé Maria (PSTU): 0%
– Luciana Genro (PSOL): 0%
– Eduardo Jorge (PV): 0%
– Rui Costa Pimenta (PCO): 0%
– Eymael (PSDC): 0%
– Levy Fidelix (PRTB): 0%
– Mauro Iasi (PCB): 0%
– Branco/nulo: 7%
– Indecisos: 6%

Segundo turno: 
O Ibope fez três simulações de segundo turno. No primeiro, Marina e Dilma aparecem em empate técnico, considerando a margem de erro de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. A candidata do PSB tem 43% contra 40% da presidente.
Se o segundo turno fosse disputado por Dilma e Aécio, a petista venceria o tucano por 44% a 37%. O terceiro cenário mostra uma vitória de Marina sobre o candidato do PSDB, por 48% a 30%.
Na pesquisa espontânea, na qual os nomes dos candidatos não são apresentados, Dilma lidera com 31%, seguida de Marina, 24%, e Aécio, 15%.
O Ibope ainda perguntou em qual candidato os eleitores não votariam de jeito nenhum. Dilma é a mais rejeitada, com 32%, seguida por Aécio, 19%, Pastor Everaldo, 17%, Marina, 14%, Levy Fidelix, 12%, Zé Maria, 12%, Eymael, 11%, Luciana Genro, 11%, Mauro Iasi, 10%, Rui Costa Pimenta, 10, e Eduardo Jorge, 9%.
Avaliação de governo:
Na pesquisa de avalição do governo Dilma, o cenário permaneceu estável:
– Ótimo/bom: 37%
– Regular: 33%
– Ruim/péssimo: 28%
– Não sabe/não respondeu: 1%

Fonte: Jornal de Hoje via IG