domingo, 29 de março de 2015

RESULTADO‬ ‪‬ - Processo Seletivo de severiano melo - 001/2015



Confira o RESULTADO FASE 1 do Processo Seletivo Simplificado 001/2015 da Prefeitura Municipal de Severiano Melo/RN:https://drive.google.com/…/0B4Bjfilj7ra3SEdCM1JQWlpuO…/view…

SAÚDE: COM O PSIQUIATRA DR. ERNANE PINHEIRO - TEMA DESTA SEMANA: FÉ, ESPIRITUALIDADE E USO DE DROGAS


DRº ERNANE PINHEIRO - MÉDICO PSIQUIATRA


Esta Semana, o Médico Psiquiatra Dr. Ernane Pinheiro Responde a Seguinte Pergunta: FÉ, ESPIRITUALIDADE E USO DE DROGAS

Apodi/RN: Policia Militar dá início a operação "De olho na Rua".


Momento da passagem do comboio de viaturas por Apodi

Na noite deste Sábado dia 28/03, teve início uma grande operação comandada pelo Capitão Carvalho, denominada de "Vale do Apodi"; A operação teve início na cidade de Apodi, e percorreu as cidades de Itaú, Rodolfo Fernandes, Severiano Melo, Felipe Guerra e fazendo o encerramento na cidade de Apodi.
Durante a operação, foram realizados várias abordagens em bares, pessoas e veículos que o comboio de viaturas se deparava, tanto durante o percusso de uma cidade para outra, como no interior das mesmas.

Segundo o Capitão Carvalho, a operação que foi realizada em todas as cidades da circunscrição da 2ª companhia de policia militar de Apodi, teve como objetivo, manter a paz e a tranquilidade, coibindo qualquer tipo de ilícito, trazendo assim, sensação de segurança para a população.

Cerca de 30 policiais participaram da operação; Policiais do GTO de Apodi, e policiais da Rádio Patrulha das cidades acima mencionadas, como também o comandante desta companhia de Polícia Militar. Para o capitão Carvalho, que coordenou toda a operação, esse tipo de ação desenvolvidas pela policia, é de grande importância no combate a criminalidade.



Abordagem na cidade de Rodolfo Fernandes


Fonte: Sentinelas do Apodi 

Suspeito de atear fogo em alternativo na Grande Natal é encontrado morto


Corpo de Francisco Canindé da Silva, de 21 anos, foi encontrado com marcas de tiros em Cajupiranga, no município de arnamirim (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)O corpo de jovem de 21 anos, identificado como Francisco Canindé da Silva, de 21 anos, foi encontrado com marcas de tiros no final da tarde deste sábado (28) em
Parnamirim, na Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, o rapaz é um dos suspeitos de ter ateado fogo em um alternativo no dia 16 deste mês, quando o transporte público da Grande Natal foi alvo de ataques incendiários. Ainda segundo a PM, a família informou que Francisco Canindé estava sumido desde a tarde da quinta-feira, dia 26.
O corpo foi encontrado pelo irmão da vítima em um terreno de mata fechada no bairro de Cajupiranga. O jovem usou um cachorro nas buscas pela região. Ainda de acordo com a polícia, Francisco Canindé já havia cumprido pena por tentativa de homicídio.

Fonte: G1

Acidente na BR 405 em Itaú deixa vítima com fratura exposta


Mais um acidente registrado na BR 405 no início da noite deste sábado (29),  envolvendo um carro modelo Gran Siena de cor cinza e uma motocicleta Titan, de cor vermelha, no contorno de Rodolfo Fernandes deixou uma pessoa com fratura exposta.

De acordo com informações colhidas pela redação do Cidade News dão conta que a motorista do automóvel, identificada por Ivonely teria
reduzido a velocidade ao avistar um animal na BR, quando se aproximava o motociclista identificado por Francisco Vandilson, ambos de Rodolfo Fernandes, que seguiam no mesmo sentido para sua cidade de origem, colidiu na traseira do carro.

A Ambulância do Município de Itaú socorreu a vítima que de primeiro momento identificou-se uma fratura exposta no tornozelo direito, fazendo os primeiros socorros no hospital maternidade Marcolino Bessa, sendo transferido em seguida pela ambulância de Rodolfo Fernandes para o Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró.

Foto: Facebook

Foto: Facebook



Fotos enviadas pelo Whatsapp

APAMI e maternidade são do povo do Apodi




Ex-interventora e diretora da maternidade Saúde Paiva.
Maternidade com dívida de três meses. Intervenção judicial. Alguns meses depois as contas entram nos eixos. Depois, reformas na estrutura, é outro ponto a se destacar.

Constante busca de parcerias. Com a população foi realizada uma feijoada beneficente. O resultado foi a construção de uma laboratório de análises clínicas advinda das doações do povo. Ele (laboratório), está lá, a disposição. Campanhas para arrecadação de lençóis muito bem sucedidas. Com deputados estaduais, no caso Kelps Lima, uma parceria resultou na aquisição de uma ambulância no valor de 120 mil reais.

Com a prefeitura do Apodi, a principal parceria. Por sinal, cerca de 90% dos recursos que entram na APAMI, são oriundos da prefeitura do Apodi e servem para pagar a folha de funcionalismo da maternidade entre outras despesas.

Ambulância adquirida essa semana. Patrimônio dos apodienses. 
É bom que se diga que essa parceria da APAMI com a prefeitura do Apodi sempre existiu. Só que no passado as direções que passaram pela APAMI deixaram a folha atrasar três, as vezes quatro meses.

Um diferencial acontece na atualidade. Apesar da prefeitura continuar sendo a principal parceira da APAMI, nunca se viu uma APAMI tão desvinculada da imagem da prefeitura. Por mais que alguns céticos se esforcem para mostrar o oposto, a população. Antes, a imagem da instituição APAMI até se confundia com a da prefeitura. Hoje, essa situação estar diferente. A APAMI está com uma diretoria atuante e independente em suas ações.

Direção e funcionários da APAMI e maternidade
Lógico, tendo como principal parceira a prefeitura, 90% dos recursos como já disse, se o chefe do executivo, não tivesse pelo menos o direito de intervir alguns vezes indicando, por exemplo, pessoas para trabalhar na maternidade, assim já seria demais. De que valia uma parceria dessas sem o direito de indicar ao menos alguém? Somente certos despreparados para ocupar cargos, por mais simples que eles sejam, é que não aceitam isso. Depois, em virtude da incapacidade de saber dialogar, pedem demissão do cargo que ocupava e saem por ai se exibindo, fazendo denúncias sem necessidade.

Não me lembro de ver direções de APAMI e maternidade que mostrasse tanto trabalho, versatilidade, independência, busca constante de parcerias e vontade de acertar como a atual. A maternidade e a APAMI é do povo do Apodi e é independente sim, por isso, como apodienses precisamos abraçá-las. Todos, direção e funcionários, que fazem maternidade e APAMI, estão de parabéns.

Alerta...“Se não tomar atitudes impopulares, Robinson passará 4 anos apagando incêndio”!


Deputado estadual cobra um “grande pacote de mudanças administrativas”
Ao expor seu pensamento durante participação em debate promovido pela Rádio Cidade (94 FM) com o deputado estadual Fernando Mineiro do PT, o deputado estadual Kelps Lima do Solidariedade, da bancada “independente” na Assembleia Legislativa, afirmou que se o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria do PSD, não adotar medidas classificadas como impopulares, que afetem interesses, poderá passar os quatro anos do seu governo “apagando incêndios”.

“É cedo para avaliar o governo, tanto para criticar, como para elogiar. Mas dentro de uma avaliação de ações pontuais, acho que o governador está bem intencionado, está tentando acertar, mas há problemas a considerar. O que me assusta são as bases da administração pública do RN que estão equivocadas. Se o governador não tomar atitudes, que algumas são impopulares, a grande maioria afeta interesses, ele vai passar os quatros anos apagando incêndios e o que nós temos que torcer é para que o governador Robinson seja um grande bombeiro, porque é só o que ele vai fazer”, afirmou Kelps, durante sua participação no debate da FM 94.

As atitudes impopulares que Kelps reclama dizem respeito a um pacote de medidas que diminuam o déficit financeiro do Estado e busquem a eficiência na administração estadual.  O RN, segundo ele, tem mais aposentados do que servidores trabalhando. São 63 mil aposentados e pensionistas e 55 mil servidores. A equação gera um rombo de R$ 85 milhões.  “O que a gente sente falta do governo até agora é um grande pacote de mudanças estrutural administrativo no Estado, um grande pacote para o desenvolvimento da economia do Estado para poder equacionar essa conta”, defendeu.

“O Estado, para poder arrecadar mais e para fazer a máquina voltar a crescer, por mais que o país tenha uma crise nacional e essa é outra discussão, você está mais vulnerável à crise nacional quando você não tem uma economia com dinamismo próprio e o debate em torno da economia do RN está terceirizado e as pessoas se iludem e os gestores se iludem e a classe política se ilude que haverá solução para a saúde, para economia, para a segurança e para a educação sem o debate econômico”, continuou.

Kelps clama por uma agenda de discussão econômica por parte do governo. “Por que a nível nacional o principal debate é a economia? Porque é ela que rege o financiamento dos serviços públicos. Aqui no RN a economia fica em segundo plano. A classe empresarial sente. Vários empresários estão dizendo que vão sair do RN para a Paraíba, para o Ceará, porque não estão aguentando”, afirmou Kelps, apontando o ambiente hostil para negócios no RN.

“Quando aqui se comemora o aumento da arrecadação do ICMS, não é que a nossa economia aumentou. Mas é porque o arrocho em cima dos empresários aumentou. São os mecanismos tecnológicos da Secretaria de Tributação, que é muito competente. É o arrocho em cima dos empresários que não veem uma alternativa do ambiente saudável para investir”, disse Kelps, acrescentando que muitos empresários sustaram os projetos de investimento no RN em função das dificuldades. “Eu tive com um advogado de grandes empresas de Energia Eólica, todas mandaram suspender 100% dos investimentos no RN para 2015 porque não veem um ambiente econômico sadio para se colocar dinheiro aqui no Estado”, disse.

“Rio Grande do Norte tem um rombo de quase R$ 2 bilhões no orçamento”

Ainda em sua participação no debate da Rádio Cidade, o deputado estadual Kelps Lima afirmou que o déficit orçamentário do estado é de cerca de R$ 2 bilhões por ano. Os dados, segundo Kelps, foram confirmados na semana passada pelo secretário de Planejamento e Finanças e de Administração Gustavo Nogueira, durante visita à Assembleia Legislativa.

“O que é isso? Tudo que o Estado vai arrecadar esse ano não paga as contas para manter o serviço ruim do jeito que está. Ainda faltam dois bilhões. Um bilhão de reais vai ser atenuado com o uso do Fundo Previdenciário e o cálculo do secretário hoje é que vai faltar R$ 700 milhões que o governo não tem a menor ideia de onde esse dinheiro vai vir”, disse Kelps.

Para cobrir o rombo mensal nos cofres públicos de R$ 85 milhões por mês, Kelps diz que o governo está tirando verba do Fundo Previdenciário para pagar salários, quando poderia fazer retiradas para aumentar salário de professores e comprar medicamentos para os hospitais. “Tem que ser tirado para pagar os profissionais, e tem que ser tirado mesmo. O cidadão trabalhou tem que receber mesmo. Então, nós temos a equação previdenciária do Estado praticamente falido”, frisou.

Apesar das críticas, Kelps considera que o governo tem tido boa vontade de acertar. Ele cita como exemplo a indicação política inicial do governo para a pasta de Justiça, o que, na sua avaliação, dificultou a resposta rápida à crise no sistema prisional. “A crise obviamente não nasceu nestes 80 dias. Ela é longa e o governador ele foi advertido para isso, por doutor Henrique Baltazar, mas diante da crise o governo tomou a atitude. Primeiro agiu bem no momento da crise e depois fez uma nomeação adequada de um quadro do mundo jurídico do RN, com capacidade reconhecida que é doutor Edilson França”.

O outro exemplo, dado por Kelps, foi no tocante à Comunicação Social. “Essa semana uma resposta que eu achei rápida e adequada do governo. Eu fiz uma crítica pública ao governo que estava usando a verba publicitária para autopromoção pessoal, colocando inclusive slogan na propaganda, e a secretária Geórgia Nery no mesmo dia me telefonou e mandou retirar, ontem mesmo já vi propagada sem. A gente vê a tentativa para acertar”, frisou.

Portal JH