terça-feira, 28 de outubro de 2014

Robinson Faria aumenta votação em São Miguel e Galeno Torquato derrota Raimundo Fernandes mais uma vez no município.



 
No primeiro turno, totalmente empenhado na sua campanha para deputado estadual, Galeno Torquato (PSD) quase não teve tempo para dedicar-se integralmente ao trabalho de fortalecimento da candidatura de Robinson Faria (PSD) em São Miguel, da maneira que desejava. 

Mesmo assim, o candidato a governador do PSD venceu no município com 4.808 votos (52,29%) enquanto que Henrique Alves, apoiado por todo o grupo do Deputado Raimundo Fernandes e mais algumas pessoas ligadas ao atual Prefeito, Dario Vieira, obteve apenas 4.128 sufrágios (44,90%).

Já no segundo turno a história foi bem diferente. Com seu assento garantido no parlamento estadual a partir de janeiro de 2015, Galeno Torquato partiu para cima e garantiu a Robinson Faria um considerável aumento em seu desempenho eleitoral, sendo votado por 6.555 micaelenses (60,69%). Henrique Alves ficou com 4.246 (39,31%) e, mesmo com todo esforço de Raimundo Fernandes e Cia, ainda perdeu com uma diferença de 2.309 votos.
Sem dúvidas, os números significativos da eleição no segundo turno na cidade serrana demonstraram, mais uma vez, a forte liderança política exercida por Galeno Torquato na terra de São Miguel Arcanjo e, consequentemente, a decadência do seu principal adversário.
Política Pauferrense

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Em nota, eleito Robinson Faria faz agradecimentos e diz que lutará para ser o “melhor governador da história do RN”




O governador eleito do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, emitiu nota agora sobre o resultado das urnas.
Eis:

Em primeiro lugar quero agradecer a Deus e aos mais de 877.196 mil potiguares pelos votos de confiança ao nosso projeto! A nossa vitória representa a vitória da liberdade, da coragem e da resistência.  Representa a vitória do povo potiguar!

A minha esposa Julianne, brava companheira de todas as horas. Uma das primeiras que me incentivou nesta caminhada, a minha eterna gratidão e amor. Obrigado por cuidar da nossa família quando eu estive ausente, desbravando o Rio Grande do Norte. Obrigado por tudo!

Aos meus filhos, Fábio, Nathalia, Janine, Maria Fernanda, Maria Luiza e Gabriel, todos, cada um com seu jeito, pelo apoio constante, as palavras e o carinho. Vocês foram fundamentais!

Aos partidos de nossa coligação, PT, PC do B, PP, PT do B, PEN, PRTB e PTC, obrigado por acreditarem no nosso sonho.

A meu vice-governador, Fábio Dantas. Você foi um gigante! De forma estratégica, altiva e jovial, você será, sem dúvida, um excepcional companheiro de governo. Parabéns!

A minha senadora Fátima, a primeira de origem popular da história do nosso Estado. Fátima, muito obrigado! Você e o PT foram parceiros muito importantes e comprometidos com a nossa eleição!

Aos nossos deputados eleitos, José Dias, Fernando Mineiro, Galeno Torquato, Dison Lisboa, Cristiane Dantas, Carlos Augusto Maia, eleitos na nossa coligação Liderados pelo Povo, o nosso muito obrigado! 

Aos nossos prefeitos, vereadores, ex-prefeitos, lideranças que nos apoiaram, motivaram e fizeram a campanha mais bonita do Rio Grande do Norte! Aos militantes de todos os partidos! O entusiasmo que vocês levaram às ruas contagiou o RN.

Muito obrigado!

Fui eleito para governar para todos os potiguares e por isso reafirmo o meu compromisso em fazer um governo técnico, focado na eficiência da máquina pública e no desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Norte.

Mais de quatrocentas mil pessoas ainda vivem abaixo da linha da pobreza. Por isso, como disse em toda a campanha, vou trabalhar para os últimos por mais justiça social, por um Estado mais solidário. 

Não vou governar pensando na próxima eleição; eu vou governar pensando nas próximas gerações. E como disse o Presidente Lula, agora é hora de reconstruir a história política do Rio Grande do Norte.

Me alimentei de fé, coragem e resistência! LUTAREI PARA SER O MELHOR GOVERNADOR DA HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO NORTE.

Robinson comemora vitória em Mossoró nesta segunda (27)


francisco jose robinson
Depois de comemorar a vitória em Natal, ontem (26), o governador eleito Robinson Faria (PSD) segue hoje (27) para Mossoró. Ao lado do prefeito do município, Francisco José Júnior (PSD), ele vai descer o Alto do São Manoel. Esse é um costume na política da capital do Oeste.

Dilma Rousseff é reeleita presidente da República


A presidente Dilma Rousseff (PT) foi reeleita neste domingo, 26, para a Presidência da República. A candidata do PT liderou a disputa pelo Palácio do Planalto, na reta final, contra o candidato tucano Aécio Neves. A reeleição de Dilma foi confirmada às 20 horas, momento em que o TSE já havia apurado maior parte seções.

Robinson Faria é o novo governador do RN com 54,38% dos votos válidos


O candidato do PSD, Robinson Faria, venceu matematicamente a disputa para o governo do Rio Grande do Norte, com 54,38% dos votos válidos. Henrique Alves, do PMDB, ficou com 45,62% dos votos válidos. Até agora, foram apurados 94,34% das urnas. Os votos brancos somam 3,05% e os nulos, 12,66%. A abstenção está em 17,72%.

Robinson Faria, 55 anos, nasceu em Natal. É advogado, empresário e pai do deputado federal Fábio Faria, vice-presidente da Câmara. Entrou na política em 1986, quando foi eleito o deputado estadual mais jovem do Rio Grande do Norte. Depois, conquistou mais cinco mandatos consecutivos. Nos dois últimos mandatos, exerceu a presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Atual vice-governador do estado, Robinson Faria compôs, nas eleições de 2010, a chapa liderada por Rosalba Ciarlini (DEM). Em 2011, com oito meses de governo, decidiu romper com o grupo político da governadora No primeiro turno, Henrique Alves ficou com 47,3% e Robinson Faria com 42% do votos válidos.

O resultado das urnas no RN


Robinson Faria, 54,42% -  877.268 votos
Henrique Alves, 45,58% _ 734.801 votos
RN/ Maioria pró-Robinson - 142.467 votos

domingo, 26 de outubro de 2014

Dilma consegue renovar o mandato por mais quatro anos


            
Com 99% dos votos apurados, na eleição mais disputada de todos os tempos no Brasil, Dilma Rousseff conseguiu mais quatro anos de mandato.

Vaja como ficou os números quase finais para presidência da República:

Dilma: 51,59%. 54.195.873 VOTOS.
Aécio: 48,41%. 50.859.792 VOTOS.

Portanto, por muito pouco Dilma presidenta por mais quatro anos.