domingo, 15 de maio de 2016

Prefeito Dagoberto Bessa ganha apoio de peso no projeto de reeleição: Raimundo Alves se junta ao grupo

Aconteceu nesse sábado (14), em Severiano Melo, mais precisamente na Baixa dos Cabras, propriedade de Zé Biá, um encontro político do grupo situacionista que é comandado pelo prefeito Dagoberto Bessa.
Depois de conseguir o apoio do vereador Coitinho que já conta com 9 mandatos, o prefeito Dagoberto Bessa vem recebendo apoios de peso.
No encontro de hoje, Raimundo Alves, que enfrentou Drº Dadá no pleito de 2012, oficializou seu apoio ao projeto de reeleição do atual gestor e na oportunidade disse que tomou essa decisão por está satisfeito com os rumos dessa administração, que por querer o bem de Severiano Melo não pode se opor ao desenvolvimento pelo qual passa o município.
Raimundo Alves preside o PMDB em Severiano Melo.

Dagoberto Bessa falou da sua admiração por Raimundo Alves, disse está muito satisfeito de contar com seu apoio.

Estiveram presentes no encontro os vereadores: Coitinho, Sezinildo Gomes, Berg Monteiro e Rubens Ferreira, além das lideranças: Carlos Estevam, Zé Biá e Chico de Ana.

Presentes também possíveis novos nomes que poderão concorrerem a uma vaga no legislativo como o professor Leonardo, Libério, Danilo Macêdo, Diogo Biá e Ivanézil.

O grupo liderado por Dagoberto Bessa ainda poderá apresentar novos apoios nos próximos dias.

Postado por 

sexta-feira, 13 de maio de 2016

COERÊNCIA E EQUIDADE: Supremo Tribunal Federal – Suspenda a nomeação dos ministros de Temer alvos da Lava-Jato!


Por que isto é importante?

Como sabemos, a nomeação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva como Ministro da Casa Civil foi suspensa pela Supremo Tribunal Federal em decorrência de seu suposto envolvimento no esquema de corrupção na Petrobrás, investigado pela Operação Lava-Jato.

Assim como Lula, alguns Ministros indicados pelo presidente interino Michel Temer também tiveram seus nomes citados nessa operação, razão pela qual deve o Supremo se manifestar sobre a legitimidade destes para a posse nos cargos públicos e obtenção de foro privilegiado.

São eles: Geddel Vieira Lima, Romero Jucá, Henrique Eduardo Alves, Bruno Araújo e Ricardo Barros.

Não aceitaremos posições contraditórias da Suprema Corte!

Bolsa Família não pode ser objetivo de vida’, diz novo ministro

Apesar de o presidente em exercício Michel Temer (PMDB) ter prometido a manutenção de bandeiras sociais criadas nos 13 anos de governo do PT, o novo ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, afirmou ser necessário “oportunizar a saída” para beneficiários do programa Bolsa Família.
“Eu acho que não deve se mexer nisso agora, mas tem de se oportunizar a saída do programa. As pessoas têm que ter renda e não pode ser objetivo de vida viver só do Bolsa Família e o que está acontecendo é isso”, disse ele durante a cerimônia de posse. “As pessoas estão entrando e não estão saindo. Temos que ajudar as pessoas a sair do programa”, emendou.
No comando da pasta oriunda da fusão de dois ministérios sociais controlados pelo PT, o deputado federal licenciado do PMDB gaúcho criticou as declarações da presidente afastada Dilma Rousseff de que a meta de elevar o padrão de vida dos 5% mais pobres, ou 10 milhões de pessoas, prevista no documento “Travessia Social”, excluiria milhões de beneficiários do Bolsa Família.
“O documento não fala em redução do Bolsa Família. E vamos combinar que se o discurso da presidente diz que menos de 10% da população é pobre, por que temos 50 milhões de pessoas recebendo o Bolsa Família?”, questionou Terra.
Redução
Mesmo com a prioridade de “preservar a área social a qualquer custo” determinada por Temer, o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário admitiu que fusão das duas pastas, que originou a comandada por ele, vai colaborar para o enxugamento da máquina pública previsto pelo presidente em exercício.
Para estruturar o novo ministério, Terra afirmou que procurou os conselhos do Movimento Brasil Competitivo, cujo presidente é o empresário Jorge Gerdau. “O pessoal da área também tem de ser aproveitado, para montar um ministério mais enxuto para avançar nos resultados.”
Ainda segundo o novo ministro, as ameaças dos movimentos sociais contrários à fusão das pastas e ainda temendo a descontinuidade de programas não fazem sentido. “Está se tentando preservar programas dos cortes, porque com a tragédia que é a economia hoje, o legado que nos está deixando o governo Dilma era para ter cortes gigantescos”, concluiu.
Herança
Se pretende enxugar a estrutura do novo Ministério, Terra, no entanto, terá de enfrentar o aumento de gastos determinado nas duas últimas semanas por Dilma para as duas antigas pastas. No dia 1º de maio, a presidente afastada anunciou o reajuste médio de 9% aos beneficiários do Bolsa Família.
A medida foi desaconselhada por técnicos do governo, inclusive pelo secretário do Tesouro, Otavio Ladeira, que justificou não haver mais espaço para gastos em um cenário de rombo das contas públicas de quase R$ 100 bilhões.
Dois dias depois, Dilma anunciou o Plano Safra da Agricultura Familiar 2016/2017, cujos recursos para o financiamento a pequenos agricultores somam R$ 30 bilhões, com juros de 2,5% ao ano, bem abaixo da taxa básica de juros, de 14,25% ao ano. A diferença entre os juros captados e o emprestado ao produtor é equalizada com recursos do Tesouro.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Rua Câmara Cascudo mais conhecida como Rua do Lorim, já esta sendo modificada para o recebimento do calçamento.






Mais uma rua esta sendo beneficiada com obras de calçamento. A Rua Câmara Cascudo mais conhecida como Rua do Lorim, já esta sendo modificada para o recebimento do calçamento. 


Um investimento realizado com Recursos Próprios da Prefeitura Municipal de Severiano Melo.

O trabalho não para na Gestão Reconstruindo a Cidadania.

Vitalícia...Procuradoria investiga pagamento de pensão de R$ 33 mil a ex-governadores do RN!


Governador Robinson Faria elevou de R$ 11 mil para mais de R$ 33 mil as pensões vitalícias concedidas aos ex-governadores Lavoisier Maia e José Agripino Maia
O Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, instaurou o inquérito civil nº 002/2016 para dar início à apuração de ato do governador do Estado Robinson Faria, que elevou de aproximadamente R$ 11 mil para mais de R$ 33 mil o valor do pagamento de pensões concedidas aos ex-governadores Lavoisier Maia e José Agripino.

O inquérito civil visa apurar também os efeitos retroativos do ato do governador que elevou consideravelmente o valor até então pago, e segundo teor da representação encaminhada pela Promotoria de Justiça do Patrimônio Público, inova na ordem jurídica de forma irregular.

A portaria nº 029/2016-CJUD/PGJ instaurou o inquérito civil, para apurar representação proveniente das Promotorias de Justiça do Patrimônio Público que aponta que, em tese, os atos do governador contrariam normas orçamentárias e administrativas, o que pode configurar ato de improbidade administrativa.

O Inquérito Civil determina a notificação do Governador Robinson Faria para que preste informações por escrito no prazo de dez dias sobre o teor da representação.

Confira aqui a íntegra da portaria nº 029/2016-CJUD/PGJ.



GOVERNO JUSTIFICA PENSÃO

O Governo do Estado lançou nota explicando o pagamento de pensão aos ex-governadora. Veja:

Nota de Esclarecimento

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte esclarece que a concessão das pensões aos ex-governadores José Agripino Maia e Lavoisier Maia não foi iniciativa da atual administração.


Governador Robinson Faria elevou de R$ 11 mil para mais de R$ 33 mil as pensões concedidas Lavoisier Maia e José Agripino

A publicação dos decretos no dia 24 de setembro de 2015 foi um ato meramente formal, para regularizar uma situação já existente há décadas, em virtude do extravio dos autos dos procedimentos administrativos de concessão das pensões pela Administração Pública. A publicação teve efeitos retroativos à data da concessão tão somente para legitimar o ato, não havendo efeitos financeiros nem diferenças a serem pagas.

O benefício está previsto na Constituição do Estado do Rio Grande do Norte, no artigo 175, vigente ao tempo das concessões, e já vem sendo pago regularmente ao longo dos anos. De acordo com os registros da folha de pagamento da Secretaria de Administração do Estado, o ex-governador Lavoisier Maia recebe a pensão desde abril de 1983; e o ex-governador José Agripino Maia, desde abril de 1987.

O valor pago atualmente, em obediência a Lei nº 9.932/2015, é de R$ 21.914,76.

Portanto, importante ressaltar que não se trata de atos de concessão do benefício nem de majoração ilegal de valores, mas exclusivamente de regularização de uma situação já consolidada.

O Governo do RN informa que ainda não recebeu notificação da instauração do inquérito civil por parte do Ministério Público Estadual e que, logo que isso ocorra, prestará as informações cabíveis ao processo.

Câmara de Areia Branca cassa mandato da prefeita Luana Bruno!


O processo de impedimento da prefeita foi conduzido nos bastidores pelo deputado estadual Souza, que rompeu politicamente com Luana logo após as eleições de 2012.
A Câmara Municipal de Areia Branca/RN cassou no final da tarde desta ultima terça-feira, 10 de maio, o mandato da prefeita Luana Bruno, do PMDB. Com mais de dois terços dos votos, a Casa aprovou o parecer da Comissão Especial de Inquérito (CEI), que apontou supostos crimes de improbidade administrativa.

Assume a Prefeitura a vice-prefeita Lidiane Garcia (PHS), que é liderada do deputado estadual Souza (PHS).

O processo de impedimento da prefeita foi conduzido nos bastidores pelo próprio Souza, que rompeu politicamente com Luana logo após as eleições de 2012.

O relatório da CEI foi lido pelo vereador João Ferreira Tavernard. O documento cita três razões para a cassação do mandato da prefeita:

1 – irregularidades em licitação com um supermercado da cidade;

2 – o não pagamento do 13º salário dos servidores públicos;

3 – pagamento de despesas de pessoal irregular e pagamento de servidores públicos por empresas contratadas para mão-de-obra.

Votaram pela cassação os vereadores Aldo Dantas (PSBD), Antonio Carlos de Souza (PCdoB), Antonio Luiz Neto (PDT), Dijalma da Silva Souza (PCdoB), Duarte Júnior (PTN, José Sandro Gois (PV) e Francisco José de Souza Neto (PP).

Se abstiveram os vereadores Alderi Batista (PMDB), João Paulo Borja (PSB) e José Nazareno de Lemos (PSB).

Cabe recurso.


 Blog do César Santos

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Neste Sábado 07 de Maio, O Programa Clube do Brega Acontece em Caráter Especial Com o Bregão de Aniversário do Comunicador Kiko Morais, Direto do Clube Maranata na Cidade Baixa de Felipe Guerra.


A Família Bregueira de Felipe Guerra, Apodi, Mossoró, Caraúbas, Governador Dix Sept Rosado, e Toda Região Oeste Potiguar são os Nossos Convidados Todo Especial para Curtir mais Um Super Bregão Lotação. 

Junte Sua Galera Bregueira e Venha Curtir e Prestigiar o Programa mais Itinerante do Rádio com a Transmissão da Rádio Vale do Apodi e Respectivamente Neste Sábado Teremos a Retransmissão da Boas Novas FM 87,9 de Felipe Guerra. 

O Programa Clube do Brega Especial de Aniversário tem Início a Partir das 13:30 com Transmissão ao Vivo até ás 19:00 horas.

Após o Bregão Lotação, a Galera vai Curtir e Dançar Forró com a Participação Especial de Junior Lima e a Lenhada de Forró ao Vivo, então Note aí pra Você não esquecer...

É Neste Sábado 07 de Maio, Direto do Clube Maranata na Cidade Baixa de Felipe Guerra, o Nosso Bregão Lotação Especial de Aniversário do Comunicador Kiko Morais.
Todos são Convidados Especiais, e por isso, Você não Pode Perder.


Organização: Kiko Morais – Marcela Silva e Wilson Pascoal.